Inovação

Inovação

Basicamente, inovação refere-se à introdução e difusão de uma nova maneira de atender a uma necessidade, seja ela econômica ou social, e com vantagens evidentes sobre a forma anterior, se houver, de atender àquela necessidade. É primordial que haja aceitacão social para que o "novo" seja considerado inovacão.

A inovacäo relaciona-se em muitas medidas à aplicacão de novo conhecimento, considerando-se o contexto onde é empregado, materializado em novos produtos ou processos. Quanto maior o grau de novo conhecimento incorporado em novo produto ou processo maior será o grau de novidade da inovacão e, possivelmente, maiores os ganhos sociais ou lucros para os introdutores, empresas ou outras organizacões com e sem fins lucrativos, ou indivíduos, e adotantes da sociedade em geral.

A Organizacao para a Cooperacão e Desenvolvimento Econômico (OCDE), por meio do Manual de Oslo (2005), refere-se a uma tipologia de inovacão, a que é normalmente adotada para o meio empresarial. Essa tipologia refere-se a:

Inovação de produto - É um bem ou produto novo ou significativamente melhorado.

Inovação de processo - É um processo produtivo novo ou significativamente melhorado.

Inovação organizacional - É a implementação de novos métodos organizacionais.

Inovação de marketing - É método de marketing novo ou significativamente modificado.

Geralmente, as inovacões são medidas em relacão ao seu grau de novidade, ou intensidade da inovacão, correspondente ao grau de novo conhecimento incorporado na inovacão, ao impacto da sua difusão e mecanismos de apropriacão do conhecimento, por exemplo em patentes. Assim, tem-se:

Inovação radical - Trata-se da introducão de inovacão completamente nova, normalmente são produto de pesquisa e desenvolvimento realizados em empresas, laboratórios de pesquisa ou universidades e podem levar a mudanças estruturais, que podem levar até ao surgimento de novas indústrias. Exemplo: indústria de materiais sintéticos em substituicão aos materiais orgânicos, como o algodão, para fabricacão de tecidos e outros materiais.

Inovação incremental - são resultado de mudanças contínuas em uma indústria ou serviço, embora em taxas diferentes para indústrias e países diferentes, e visam à melhoria da eficiência na alocação dos fatores de produção e têmefeito cumulativo significativo.

Mudanças de sistemas tecnológicos - são inovacões que afetam vários ramos da economia e poodem fazer surgir setores novos, envolvem a substituição de produtos e processos e são baseadas em uma combinação de inovações radicais e incrementais, junto com organizacionais e administrativas. Exemplo: Inovações na Petroquímica

Mudanças Tecnoeconômicas - são inovacões que têm efeito pervasivo por toda a economia e levam ao surgimento de novo conjunto de produtos, serviços, sistemas e indústrias, tornam-se o paradigma tecnológico. Exemplo: os computadores

Considerando-se os diversos aspectos do desenvolvimento de países e sociedades, além do aspecto mais amplo de que a sociedade é formada por componentes outros do que o setor empresarial, outras tipologias e aplicacões de inovacão foram sendo introduzidas. Assim, fala-se em inovacões para pessoas de baixa renda, inovacão social, inovacão no setor público, entre outras, que são apresentadas em seguida.

Inovações para a Classe Econômica de Baixa Renda (Base da Pirâmide)

A discussão sobre a necessidade de inovacões próprias para a classe econômica de baixa renda, ou da base da pirâmide (Base of the pyramid, que originou a sigla BOP) comecou no contexto das condições pobres de vida em países em desenvolvimento ou emergentes, mas tem se extendido para outros mercados desservidos (por exemplo, pessoas pobres de países desenvolvidos).

Nesse contexto, a empresa, normalmente o agente de mercado, participa na solução de problemas sociais com produtos e serviços (novos). Não se trata de caridade – a meta é criar modelos de negócios que são lucrativos para os pobres e para a empresa, visto que as soluções nos e para mercados pobres requerem produtos, serviços, modelos de negócios, parcerias e redes de desenvolvimento e suprimento diferentes  daqueles aplicados em mercados desenvolvidos.

Inovação Social

yunusÉ uma  solução nova para um problema social que é mais efetiva, eficiente, sustentável (ou melhor que uma existente) e cujo valor criado beneficia a sociedade como um todo.

Pode acontecer em produtos, serviços, sistemas, processos e tecnologias desenhados para resolver problemas sociais, empoderar comunidades e melhorar o meio ambiente. Pode também ser um princípio, uma lei, uma ideia, um movimento social, uma intervenção ou uma combinação destes.

O processo de desenvolviimento de uma inovacão social consiste em conhecer e entender as necessidades de comunidades desprivilegiadas, pobres, elaborar soluções, difundí-las e implementá-las em larga escala.

Agentes do desenvolvimento de inovacões sociais normalmente são as organizacões sem fins lucrativos e as não-governamentais,  fundacões e governos e o empreendedor social. Empresas com fins lucrativos também podem ser agentes de desenvolvimento de inovacões sociais por meio de práticas de responsabilidade social corporativa.

Exemplos reconhecidos de inovadores e empreendedores sociais são: em Mocambique e no mundo: Muhammad Yunus (foto), fundador do Grameen Bank e do sistema de microcrédito.

Inovação no Setor Público

O setor público tem se tornado mais inovador com o desenvolvimento de novas abordagens à prestação de serviços e de políticas públicas. Algumas iniciativas exemplares de inovacöes no setor público são

  • unidades centrais, fundos, programas ou concursos para promover inovação ou mobilização de recursos para inovações específicas;
  • medidas para construir recursos de apoio à inovação por meio, por exemplo, de recursos on-line, formação, investigação, pesquisas;
  • medidas para desenvolver bases externas de apoio através de unidades de inovação externas ou programas de investigação e formação (ex. entidades independentes ou em colaboração com universidades);
  • medidas para incorporar orientação para inovação em estratégias,  licitações, auditorias, critérios de seleção e de desempenho, benchmarking, etc.

Inovação em Serviços

Os servicos são de diferentes naturezas, há os que lidam com produtos (como transporte e logística), os que lidam com com informação (ex. call centers); os baseados em conhecimento e os que lidam com pessoas (como cuidados com a saúde).

A inovação em serviços é um processo contínuo, consistindo em uma série de mudanças incrementais em produtos e processos. É difícil diferenciar inovações em serviços em termos de eventos isolados, isto é, como a implementação de uma mudança significativa em produtos, processos e outros métodos. Geralmente, o desenvolvimento de processos pode ser mais informal para serviços do que para bens, consistindo de pesquisa, união de idéias, avaliação comercial e implementação.

Share